Nova siderurgia tem capacidade para produzir 500 mil toneladas de aço
Fonte: Rede Angola

Fonte: Rede Angola


Dezembro 16, 2015 
— Investimento de 263.27€ milhões, inaugurado ontem na Barra do Dande, quer criar 600 empregos directos e 3.000 indirectos.

Avaliada em 263.27€ milhões e ocupando uma área de 150 mil metros quadrados foi inaugurada ontem na Barra do Dande, no Bengo, uma siderurgia com capacidade para produzir 500 mil toneladas de aço por ano.

A inauguração do empreendimento, de investimento privado, contou com as presenças do ministro da Economia, Abrahão Gourgel, e da primeira-dama, Ana Paula dos Santos.

Durante sua fala, Abrahão Gourgel salientou que a actual conjuntura económica exige dos dirigentes muita “coragem, audácia, realismo e das instituições, em particular das empresas, competência, eficiência e poder transformador para impulsionar o potencial produtivo da economia”.

Ainda segundo o ministro, para tanto o Executivo deverá garantir a mobilização de recursos internos e externos para o financiamento ao sector produtivo privado em condições favoráveis para o investidor.

Por sua vez, o presidente do conselho de administração da empresa Aceria de Angola (ADA), Georges Choucair, afirmou que nesta altura de crise petrolífera, o país tem demonstrado determinação e empenho no investimento e na diversificação da sua economia.

Numa primeira fase, a empresa vai atender a demanda do mercado nacional de consumo de varão de aço, que são hoje de 300 mil toneladas, segundo as estatísticas do conselho nacional de carregadores de Angola.

A ADA vai aliviar as reservas de divisas do país no mínimo em 263.27€ milhões por ano, uma vez que não haverá a necessidade de importação de aço”, disse.

Sobre a matéria-prima para sustentar a produção, Georges Choucair explicou que a primeira fonte é a sucata recolhida em todo território nacional, que depois é misturada com o cal e apenas a liga de aço é importada.

Segundo o gestor, a nova siderurgia pretende criar 600 empregos directos e cerca de 3.000 trabalhos indirectos, pois o objectivo é organizar uma plataforma nacional para a recolha de sucatas.

A siderurgia está doptada de estação de tratamento de fumos, estação de tratamento de água potável e águas residuais e com uso de sucata como matéria-prima, a empresa contribuirá no saneamento a nível de todo território livrando destroços de guerra, navios e outros resíduos em todo género, sublinhou.

Boutik

About Boutik